PÁGINA INICIAL         MAPA DO SITE         (34) 3331-6000
Notícias
CEO do Milkpoint fala sobre o mercado do leite
10 de setembro de 2020


Entender a dinâmica do mercado do leite e transformá-la em informação clara e interessante para o setor é o papel desempenhado há vários anos pelo engenheiro agrônomo e CEO do Milkpoint, Marcelo Pereira Carvalho. Em entrevista à revista Girolando, ele explica como a cadeia produtiva do leite no Brasil tem se comportado, principalmente agora neste período de pandemia. Outros temas analisados pelo especialista são a eterna divergência entre produtor e indústria sobre preço do leite, se o País deve apostar na exportação de lácteos, impactos do Covid-19 na cadeia leiteira, importância da boa gestão dos negócios para não ser pego de surpresa por acontecimentos imprevistos, etc. O CEO do Milkpoint alerta que a pecuária de leite é muito heterogênea e não é suficiente avaliá-la somente através de médias, sem entender a dinâmica nos diferentes perfis. Confira abaixo um trecho deste bate-papo. A versão completa está disponível no site da revista (Clique aqui e confira).


Revista Girolando- Analisando os últimos 10 anos é correto dizer que a pecuária leiteira mostrou ser um bom negócio? Que fatores evoluíram neste período que comprovam isso? O perfil do produtor mudou?

 

Marcelo Pereira Carvalho - Os últimos 10 anos apresentaram dois períodos distintos. De 2010 a 2015, tivemos um crescimento médio anual de 3,8%. Já de 2015 a 2019, o crescimento foi negativo em 0,4%. A principal razão dessa mudança foi a crise econômica de 2015 em diante, em que tivemos vários anos de crescimento econômico negativo, afetando a renda das pessoas. Como os lácteos são produtos de mercado interno, a queda na renda afeta diretamente o consumo. Se a produção cresce um pouco, em uma situação de consumo baixo, os preços logo sentem. Essa é a análise mais macro, que não considera as transformações dentro do setor. Entre os censos agropecuários de 2006 e 2017, por exemplo, o número de produtores com mais de 500 litros/dia cresceu 163%, apesar do número total de produtores ter caído 13%. Esses números mostram que, para determinado grupo de produtores, que vai além somente do tamanho, mas inclui perfil, região, etc., o leite tem sido um bom negócio. Para outros, nem tanto. A pecuária de leite é muito heterogênea e não é suficiente avaliá-la somente através de médias, sem entender a dinâmica nos diferentes perfis.

 

Revista Girolando- O Brasil deve pensar em ampliar as exportações ou atender bem o mercado interno seria mais interessante?

 

Marcelo Pereira Carvalho - Essa é uma discussão que já tem 20 anos, tendo começado quando a desvalorização do real fez com que nosso leite se tornasse um dos mais baratos do mundo. Porém, depois disso, a combinação de políticas de aumento e distribuição de renda, aliadas à gradativa valorização do real e à políticas de proteção às importações, colocaram a ideia da exportação em segundo plano. Afinal, estávamos expandindo nosso mercado interno de 5 a 7% ao ano e nosso leite tinha ficado caro para os padrões mundiais. Com a crise de 2015, a conversa de exportar voltou, porque ficou claro que não era saudável depender somente do mercado interno. A questão é que a exportação de leite em pó só foi viável em pequenas janelas nas quais os preços externos subiram muito, ou quando o real sofreu forte desvalorização. Só que, quando isso ocorreu, muitos outros países também se tornaram exportadores e o mercado logo ficou com excedentes. Assim, se quisermos ser exportadores estruturais, ou seja, aqueles que sempre precisam vender no mercado externo, precisaremos ter um custo médio final em dólar mais baixo do que normalmente temos e, ainda assim, remunerar bem a cadeia de produção e processamento. Caso contrário, o caminho para exportar é buscar produtos mais específicos, em que o custo da matéria-prima pese menos. Mas normalmente são nichos de mercado, com pouco volume.

 




Larissa Vieira
imprensa@girolando.com.br



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

25/09/2020 - Definida a programação da Exposição Virtual de Gado Jovem de Oliveira
24/09/2020 - Etapa do Circuito Nordestino Girolando 2020/2021 será em outubro
22/09/2020 - Live abordará aplicação da genômica em raças leiteiras
22/09/2020 - 7° Leilão TOP Leite MS acontece em outubro
22/09/2020 - 2° Leilão Virtual Cialne NZ Agro acontece no domingo

Web Girolando
Usuário:
Senha:
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui Esqueceu o seu usuário? Clique Aqui
Receba nossa newsletter
Nome:
Sobrenome:
Email:
Whatsapp:


Girolando no Brasil




GIROLANDO NAS REDES SOCIAIS



APOIO



AGÊNCIA DIGITAL