PÁGINA INICIAL         MAPA DO SITE         (34) 3331-6000
Notícias
DSM faz retrospectiva da pecuária e anuncia projeções para 2021
14 de dezembro de 2020


Preço do leite firmes em 2021. A projeção é da área de Ruminantes da DSM, dona da marca Tortuga® de suplementos nutricionais para animais e Parceira Master da Girolando, anunciada pelos especialistas da empresa em encontro online com jornalistas de várias regiões do país ocorrido nesta segunda-feira,14 de dezembro. Na ocasião, outras projeções também ganharam espaço, além de uma análise da pecuária em 2020, um ano atípico em função dos impactos da pandemia de Covid-19 e em que a pecuária brasileira mostrou-se bastante resiliente às adversidades, reforçando a sua importância para o fornecimento de proteína animal nutritiva e de alta qualidade para alimentar a população.

A pecuária de leite em 2021 deve ter impacto da valorização da arroba do boi, que deve desestimular a atividade dos produtores não especializados, um fator que pode gerar uma competição entre os laticínios e manter o preço do leite em patamares mais firmes. No setor, a DSM projeta que o mercado doméstico deverá lidar com outros fatores, como a redução de renda da população em função da crise econômica, a alta dos preços dos grãos que compõem a dieta dos animais e a questão climática com a La Niña, fenômeno meteorológico que tem efeito sobre as temperaturas e precipitações em várias partes do mundo e que costuma gerar consequências para várias áreas, entre elas as atividades agropecuárias. “Como a pecuária de leite é uma atividade intensiva, no geral, a aplicação de tecnologias ajuda a elevar a produção por vaca e os resultados da propriedade. Os avanços da nutrição das vacas, por exemplo, melhoram os índices zootécnicos e são fundamentais para manter o rebanho mais saudável e produtivo”, conta comenta o vice-presidente de Ruminantes da DSM no Brasil, Sergio Schuler.

Além das projeções, a DSM também trouxe uma análise dos acontecimentos desse ano e uma retrospectiva das suas iniciativas. Sobre esse ano, destaque para os impactos da pandemia sobre a vida das pessoas em todo o mundo e sobre todas as atividades econômicas, motivando mudanças, aprendizados e adaptações que passaram invariavelmente pelas tecnologias digitais. No caso da pecuária, os especialistas da DSM lembraram a resiliência da atividade e a sua importância para o fornecimento de proteína animal de alta qualidade, além dos avanços nos debates e práticas ligadas à sustentabilidade, com a atenção para a produção e preservação dos recursos naturais.

Dos fatos que marcaram o ano da área de Ruminantes da DSM, destaque para o lançamento de Hy-D®, um metabólito específico de vitamina D3 que melhora ainda mais o desempenho da produção de leite e dos bovinos de corte no confinamento. Ao incluir o Hy-D® na dieta dos bovinos, é possível garantir absorção mais rápida e eficiente dos macrominerais, melhorando a resposta imune dos animais e elevando os índices zootécnicos e a rentabilidade dos confinadores e produtores de leite, além de gerar benefícios em termos de longevidade das vacas leiteiras, bem-estar animal e qualidade e segurança alimentar (carne ou leite).

Além do lançamento de Hy-D® que ocorreu totalmente online logo nos primeiros dias de isolamento social e reuniu mais de 1 mil pecuaristas, a DSM manteve a sua maratona de eventos adaptada à nova realidade, a exemplo dos Encontros de Pecuária de Cria, do Lactour, do Programa Qualidade do Leite Começa Aqui!, do Simpósio DSM de Confinamento e do Tour DSM de Confinamento, além de mais de 50 lives no perfil da marca Tortuga® no Instagram (@tortuga.dsm) que atingiram mais de 7 mil pessoas. “Agimos muito rápido para manter o nosso relacionamento estreito com os pecuaristas de todo o Brasil e atendê-los com eficiência e reforçar a nossa parceria de modo a contribuir com os resultados positivos da pecuária brasileira para produção de carne e leite”, pontua o diretor de marketing da área de Ruminantes da DSM, Juliano Sabella.

Nutrição com foco no desempenho dos ruminantes

Na pecuária de leite, a coordenadora da categoria na DSM, Verônica Lopes, destaca o sucesso dos suplementos nutricionais da linha Bovigold®, que contêm ingredientes de alta tecnologia que têm efeito no teor de sólidos e na quantidade de células somáticas presentes no leite, além de  melhorar a produtividade e os índices zootécnicos do rebanho. “São produtos que combinam os aditivos CRINA® e RumiStarTM aos Minerais Tortuga com objetivo de aumentar a produção das vacas, até as que já têm alto desempenho”, reforça a especialista.

 

 

 





Larissa Vieira
imprensa@girolando.com.br



ÚLTIMAS NOTÍCIAS

16/01/2021 - Pecuária perde o leiloeiro Luís Carlos Maciel
13/01/2021 - 1ª Exposição Ranqueada Girolando Sem Fronteiras será em abril
08/01/2021 - Girolando perde criador Adauto Feitosa
23/12/2020 - Associação de Girolando fecha 2020 com o maior número de registros dos últimos cinco anos
21/12/2020 - Geraldo Borges é reeleito presidente da Abraleite

Web Girolando
Usuário:
Senha:
Esqueceu a sua senha? Clique Aqui Esqueceu o seu usuário? Clique Aqui
Receba nossa newsletter
Nome:
Sobrenome:
Email:
Whatsapp:


Girolando no Brasil




GIROLANDO NAS REDES SOCIAIS



APOIO



AGÊNCIA DIGITAL